Trichuris trichiura tricuríase ovo ciclo biológico

Tricuríase (Trichuris trichiura): ciclo, sintomas, tratamento, transmissão e prevenção

30 nov
Postado por Marina Caxias Categoria: Blog

Este artigo é sobre Tricuríase (Trichuris trichiura). Falaremos sobre ciclo, sintomas, tratamento, transmissão e prevenção. Responderemos as seguintes perguntas:

  1. O que é tricuríase?
  2. Qual o nome do agente etiológico da tricuríase?
  3. Quais os sintomas da tricuríase?
  4. Como é o ciclo biológico da tricuríase?
  5. Qual o tratamento da tricuríase?
  6. Como deve ser a prevenção da tricuríase?
  7. Como ocorre a transmissão da tricuríase?
  8. Qual a forma infectante do Trichuris trichiura?
  9. Qual o tratamento da tricuríase?
  10. Como é feito o diagnóstico da tricuríase?
  11. Qual a morfologia do Trichuris trichiura?

Leia o artigo até o final e descubra tudo sobre essa doença parasitária!

 

Curso de Técnicas Parasitológicas Aplicadas às Análises Clínicas (clique aqui).

 

1.O que é tricuríase?

A tricuríase, uma verminose muito comum nos países subdesenvolvidos, é causada pelo nematoide Trichuris trichiura que habita o intestino grosso dos humanos. A infecção ocorre por via fecal-oral. Você sabia que a tricuríase é a 3ª infecção parasitária mais comum?
Calcula-se que cerca de 604 a 795 milhões de pessoas estejam infectadas em todo o mundo. Essa verminose ocorre principalmente em crianças que vivem em regiões tropicais e subtropicais e locais com saneamento básico precário.

Trichuris trichiura ovo tricuríase

Figura 1: imagem mostrando o ovo da tricuríase. Disponível em: http://www.parasitologiaclinica.ufsc.br/index.php/info/conteudo/fotografias/ovos-ttrichiura/.

 

2.Qual o nome do agente etiológico da tricuríase?

O agente etiológico dessa doença parasitaria é o Trichuris trichiura que se apresenta nas formas de ovo, larvas (L1, L2, L3, L4) e fase adulta.

 

3.Quais os sintomas da tricuríase?

Na maioria dos casos os indivíduos com tricuríase são assintomáticos. Em casos considerados mais graves os pacientes podem apresentar:
• Dor abdominal
• Diarreia
• Anemia
• Perda de peso
• Náuseas
• Em crianças com a carga parasitaria muito elevada pode haver prolapso retal

 

4.Como é o ciclo biológico do Trichuris trichiura?

O ciclo biológico da tricuíase é mais simples do que muitas podem imaginar. Vejamos:
Primeiramente os ovos não embrionados são passados nas fezes. No solo, os ovos se desenvolvem e se dividem, em seguida, os ovos são embrionados e tornam-se infectantes e são ingeridos em alimentos contaminados, água e em contanto com o solo contendo as fezes. Já no intestino delgado, esses ovos eclodem e liberam as larvas. Essas larvas amadurecem, e se desenvolvem até a fase adulta.

ciclo biológico Trichuris trichiura

5.Qual o tratamento da tricuríase?

Geralmente, para os pacientes que apresentam sintomas, o medicamento de escolha para tratar a tricuríase é o Mebendazol 100 mg duas vezes ao dia por três dias consecutivos ou Albendazol 400 mg em dose única.

 

6.Como deve ser a prevenção da tricuríase?

Devido a forma de contaminação com a tricuríase se dar por via fecal-oral, a prevenção deve ser feita utilizando medidas higiênicas tanto dos alimentos como pessoal, conscientização da população e saneamento básico.

 

7.Como ocorre a transmissão da tricuríase?

A transmissão da tricuríase ocorre por via fecal-oral quando acidentalmente ingerimos alimentos, água ou quando entramos em contanto com o solo contaminado com os ovos do parasita.

 

8.Qual a forma infectante do Trichuris trichiura?

A forma infectante é a forma larval, ou seja, o ovo já embrionado contendo as larvas (L2).

 

9.Como é feito o diagnóstico da tricuríase?

Por se tratar de uma parasitose com sintomas comuns (quando há) a outras doenças o diagnóstico muitas vezes se torna difícil, no entanto após investigação clínica é realizado o diagnóstico laboratorial, que consiste no exame parasitológico de fezes.

 

10.Qual a morfologia do Trichuris trichiura?

-Ovo:
Os ovos de Trichuris trichiura se assemelham a bandeja ou de um pequeno barril, com saliências mucoidex e transparente nas duas extremidades; possuem dupla membrana que envolve a massa de células germinativas e medem 50-55µm x 20-23µm.

morfologia do Trichuris trichiura

-Larvas:
O macho mede de 3 a 4,5 cm de comprimento, com a cauda curvada no sentido ventral, com um espículo protegido por bainha.
A fêmea mede de 3,5 a 5 cm de comprimento, no entanto possui a cauda reta. O corpo dos espécimes adultos é longa, filiforme e afilada. A porção posterior é mais dilatada. Os vermes possuem cor esbranquiçada ou rósea.

A: Macho
B: Fêmeas

larvas vermes morfologia do Trichuris trichiura larva verme morfologia do Trichuris trichiura

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde.
http://www.parasitologiaclinica.ufsc.br/index.php/info/conteudo/fotografias/adultos-ttrichiura/
NEVES, D. P. Parasitologia Humana. 12ª Ed. Rio de Janeiro: Atheneu Rio, 2011.
www.cdc.gov/parasites/.

Autora

 Franciele Rodrigues Araujo

Franciele Rodrigues Araujo – Biomédica, Mestranda em Biologia de Sistemas

 

Você também vai gostar de ler:

Fasciolose humana (Fasciola hepatica): ciclo, sintomas, tratamento, transmissão e prevenção

Amebíase (Entamoeba histolytica): ciclo, sintomas, tratamento, transmissão e prevenção

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.