mioglobina mioglobina exame mioglobina e hemoglobina

Mioglobina: o que esse exame de sangue pode revelar sobre sua saúde cardíaca?

24 ago
Postado por Marina Caxias Categoria: Blog

Neste artigo iremos falar sobre a mioglobina! Aqui você vai entender o que esse exame de sangue pode revelar sobre sua saúde cardíaca. Iremos abordar as seguintes questões:

1. O que é mioglobina? 

2. Qual a função da mioglobina?

3. Onde se encontra mioglobina?

4. Qual a diferença entre mioglobina e hemoglobina?

5. Como é o exame de mioglobina?

6. Para que serve o exame de sangue mioglobina?

7. O que quer dizer mioglobina alta no exame de sangue?

8. Qual a relação entre mioglobina e infarto?

9. Quais os valores de referência no exame de mioglobina?

Boa leitura!

Curso de Interpretação de Exames Laboratoriais – 60 horas certificadas (clique aqui)

Conheça sobre a Mioglobina!

O exame de sangue é uma excelente ferramenta para se avaliar a saúde de uma pessoa e, consequentemente, detectar possíveis problemas ou doenças que possam afetar algum indivíduo. Isso é possível devido às inúmeras análises e biomarcadores que podem ser utilizados para representar o desenvolvimento de algumas doenças, caso estejam em quantidades maiores do que as dos valores de referência, que já são bem estabelecidos.

Entre os biomarcadores utilizados, existem hormônios, imunoglobulinas, enzimas, mediadores inflamatórios e diversos outros lipídios e proteínas, que são liberados pelas células e tecidos durante determinada condição patológica, e por isso é importante entender a função e características desses marcadores fisiologicamente.

A mioglobina é um desses biomarcadores que são dosados em exames de sangue, e através do seu resultado pode-se saber mais sobre a saúde cardíaca e sugerir que o paciente sofreu um infarto do miocárdio, por exemplo, que é a causa mais comum de morte em todo o mundo. Ao longo desse texto vamos entender de forma mais clara o que é a mioglobina, quais são suas funções e como esse biomarcador sanguíneo pode sugerir alguma doença no coração.

passaporte ibapflix

O que é a mioglobina e qual sua função no organismo?

A mioglobina é uma proteína que contém um grupo protético heme em sua estrutura e foi nomeada devido a sua similaridade funcional e estrutural com a hemoglobina. Assim como a hemoglobina, a mioglobina é capaz de se ligar a moléculas de oxigênio através do grupo heme, facilitando, portanto, o transporte do oxigênio para a mitocôndria durante períodos de intensa atividade metabólica, ou então servindo como função de reservatório em condições de baixa concentração de oxigênio. Entretanto, enquanto a hemoglobina é uma molécula tetramérica (com quatro cadeias polipeptídicas) e está presente nas hemácias, a mioglobina é uma proteína monomérica (apenas uma cadeia polipeptídica) e existe única e exclusivamente nos músculos estriados cardíaco e esquelético nos humanos.
Como o músculo esquelético e o do coração são tecidos que possuem alta atividade ao longo do dia, por meio das contrações, consequentemente necessitam grandes quantidades e aporte de oxigênio e energia. Assim, a mioglobina age auxiliando nesse mecanismo, facilitando a respiração e a difusão de oxigênio e aumentando a taxa de transporte de oxigênio para esses tecidos.

Mioglobina hemoglobina transporte de oxigenio diferenças estrutura hemoglobina e mioglobina

Figura 1: Diferenças estruturais entre a hemoglobina e mioglobina (adaptado de Tanaka & Matsuo, 2011).

Para que serve o exame de mioglobina?

Sabe-se que a mioglobina é uma proteína citoplasmática que está presente exclusivamente no coração e no músculo esquelético, e apenas através de alguma lesão ou destruição muscular essa proteína é liberada para o meio extracelular e consequentemente para a corrente sanguínea. Dessa forma, a mioglobina é considerada um marcador sensível para indicar condições cardíacas como o infarto do miocárdio. Após a injúria muscular, são liberadas rapidamente grandes quantidades de mioglobina para a circulação sanguínea, e a quantidade dessa proteína aumenta de 2 a 3 horas após os primeiros sintomas de lesão. Normalmente, o pico de mioglobina ocorre de 8 a 12 horas após o evento. Assim, para que se confirme a suspeita de infarto, os pacientes que apresentam dor na região torácica ou outros sintomas de ataque cardíaco são encaminhados para realizar exame de sangue para detectar a mioglobina e outros biomarcadores de lesão cardíaca, preferencialmente em até 3 horas após os primeiros sintomas do ataque.

exame de sangue mioglobina

Figura 2: Exame de sangue. Charday Penn (fonte Getty Images)

Como é feito o exame de mioglobina?

Para realizar o teste, é necessário a retirada de sangue de veias periféricas, e em determinados casos também há a possibilidade de detectar grandes quantidades de mioglobina na urina. Os valores de referência para o exame de mioglobina são menores do que 90 ng/mL. Caso o resultado do exame ultrapasse os valores normais, é um indicativo de que ocorreu alguma lesão muscular no organismo. Mas, apesar de sua sensibilidade, o exame da miogloina não é específico, e assim não há como afirmar apenas através desse biomarcador que a lesão ocorreu no coração. Por isso, se houver suspeita de infarto, o médico deverá pedir outros exames complementares, como biomarcadores tipo a creatinofosfoquinase (CPK) e a troponina ou então testes como eletrocardiograma e exames de imagem, para que todas as análises juntas possam auxiliar no diagnostico final e evitar possíveis erros.

Referências

Aydin, S., Ugur, K., Aydin, S., Sahin, İ., & Yardim, M. (2019). Biomarkers in acute myocardial infarction: current perspectives. Vascular Health and Risk Management, 15, 1.

Myoglobin (Blood) – Health Encyclopedia. University of Rochester Medical Center, 2020. Disponível em https://www.urmc.rochester.edu/encyclopedia/content.aspx?contenttypeid=167&contentid=myoglobin_blood. Acesso em 02 de julho de 2020.

Ordway, G. A., & Garry, D. J. (2004). Myoglobin: an essential hemoprotein in striated muscle. Journal of Experimental Biology, 207(20), 3441-3446.

Tanaka, Y., & Matsuo, K. (2011). Non-thermal effects of near-infrared irradiation on melanoma. INTECH Open Access Publisher, 579-628.

Wittenberg, J. B., & Wittenberg, B. A. (2003). Myoglobin function reassessed. Journal of Experimental Biology, 206(12), 2011-2020.

 

Autora

Julia Goes – Biomédica, Mestranda em Biologia Celular e Molecular

 

Você também vai gostar de ler:

Enzimas alteradas no exame de sangue – clique e descubra a importância!

Hemograma e a análise clínica dos componentes do sangue – APOSTILA GRATUITA

 

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.