Coloração de Gram: como as bactérias gram positivo e gram negativo são diferenciadas?

05 set
Postado por Dr. Victor Proença Categoria: Blog

Quer saber mais sobre coloração de Gram? Veio ao lugar certo. Neste artigo iremos responder as seguintes questões:

1. O que é Coloração de Gram? 

2. Quem criou a Coloração de Gram? 

3. Qual é o passo a passo da técnica de Coloração de Gram? 

4. Como a Coloração de Gram é usada na prática laboratorial?

5. Por que a Coloração de Gram é tão importante para o laboratório de microbiologia?

6. Quais as principais diferenças entre as bactérias gram positivo e gram negativo?

7. A Coloração de Gram é usada para todos os tipos de bactérias?

8. Quais bactérias gram positivo têm importância médica?

9. Quais bactérias gram negativo têm importância médica?

10. Qual bactéria é mais resistente gram positivo ou gram negativo?

 

Boa leitura!

Curso de Microbiologia Clínica (clique aqui)

Introdução

A Microbiologia é um dos pilares durante a rotina laboratorial porque é um ramo da ciência em que conseguimos observar os principais micro-organismos e a fisiopatologia das principais doenças causadas pelo micro-organismo no corpo humano.

Com o objetivo de fornecer um diagnóstico correto ao paciente que apresente uma infeção bacteriana pode ser usado diversas técnicas para concluir o diagnóstico desse paciente. Dessa forma, destacamos a Técnica de Coloração de Gram, uma metodologia amplamente utilizada nos laboratórios devido a ser uma técnica simples, fácil e barata, proporcionando um diagnóstico rápido sobre o caso clínico de infecções bacterianas, além de permitir o analista clínico fornecer informações para a equipe médica sobre o paciente, auxiliando na conduta terapêutica.

passaporte ibapflix

O que é Coloração de Gram?

A coloração de Gram é uma técnica utilizada na rotina laboratorial que permite a identificação de bactérias presentes nas amostras biológicas em um curto espaço de tempo. Essa é uma técnica que leva em consideração características tintoriais das bactérias, auxiliando na classificação das bactérias em dois grandes grupos Gram Positivos (roxa) e Gram Negativos (vermelha).

coloração de gram gram positivas gram negativas

Fonte: https://www.infoescola.com/microbiologia/bacterias-gram-positivas-e-gram-negativas/

Quem criou a Coloração de Gram?

O método da coloração de Gram foi descoberto por um médico dinamarquês chamado, Hans Cristian Joaquim Gram em 1884. Com uma série de análises Gram percebeu a existência de coloração diferente para as bactérias, algumas ficavam roxas e outras vermelhas. Dessa forma o cientista consegui classificar as bactérias que estava observando em dois grandes grupos. As bactérias que ficaram roxas ele as denominou de Gram-positivas e as vermelhas ele denominou de Gram-negativas.

Quais as principais diferenças entre as bactérias Gram positivo e Gram negativo?

As principais diferenças com relação às bactérias Gram-negativa e Gram-positiva estão relacionadas à composição da parede celular. As bactérias Gram positivas apresentam uma parede celular rígida e espessa constituída basicamente de peptideoglicano, e também apresentam moléculas conhecidas como ácido teicoicos, que estão inseridos na camada de peptideoglicano, enquanto o ácido lipoteicoico está ligado à membrana plasmática. A composição da parede celular das bactérias classificadas como Gram-negativas apresenta uma parede celular com menos peptideoglicano e uma membrana externa. O peptideoglicano está ligado à membrana externa, formando um espaço entre os dois espaços chamados de periplasma, que possuem uma alta concentração de enzimas digestivas. A membrana externa não fornece seletividade, então na parede celular existem proteínas especializadas, as porinas, em controlar o fluxo de moléculas para o metabolismo bacteriano. Além disso, na membrana externa das bactérias Gram Negativas encontramos o lipossacarídeo (LPS), uma estrutura que auxilia no desenvolvimento da infecção com a liberação de endotoxinas.

diferenças entre as bactérias Gram positivo e Gram negativo microbiologia

Fonte https://www.infoescola.com/microbiologia/bacterias-gram-positivas-e-gram-negativas/

Quais bactérias gram-negativas têm importância médica?

Vale destacar algumas das principais bactérias Gram-negativas, com importância médica:

Escherichia coli – responsável por infecções urinárias e gastroenterites.

Pseudomonas aeruginosa – responsável por infecções urinárias e respiratórias.

Haemophilus influenzae – responsável por infecções respiratórias.

Vibrio cholerae – responsável pelo desenvolvimento da cólera.

Helicobacter pylori – responsável pelo desenvolvimento de infecções gastrointestinais.

Quais bactérias gram-positivos têm importância médica?

As bactérias gram-positivo também possuem grande importância médica, algumas delas são as seguintes:

Clostridium tetani – responsável pelo desenvolvimento do tétano;

Staphylococcus aureus – responsável pelo desenvolvimento de infecções nas vias respiratórias;

Streptococcus pneumoniae – responsável pelo desenvolvimento de pneumonia, desencadeando uma infecção pulmonar.

Qual é o passo a passo da técnica de Coloração de Gram?

Para realizar a confecção de uma lâmina de acordo com a metodologia de Gram é necessário ter os seguintes reagentes: violeta de genciana, lugol, álcool etílico, fucsina ou safranina. Logo após, é só seguir os passos abaixo para realização da técnica.

1) Confeccione o esfregaço com o material biológico.

2) Cubra o esfregaço com violeta de metila e deixe o corante agir sobre a lâmina, durante por 60 segundos.

3) Escorra o corante e em seguida lave em um filete de água corrente. Logo após cubra a lâmina com lugol e deixe agir por 60 segundos.

4) Escorra o lugol e lave em um filete de água corrente.

5) Adicione à lâmina álcool etílico (99,5º GL), até que saia todo o corante

6) Lave a lâmina em um filete de água corrente.

7) Coloque sob a lâmina fucsina básica 0,1 a 0,2% ou (safranina) até cobrir toda a lâmina, deixe agir por 30 segundos.

8) Lave a lâmina sob um filete de água corrente.

9) Deixe a lâmina secar ou seque delicadamente com o auxílio do papel filtro.

10) Coloque uma gota de óleo de imersão sobre o esfregaço.

11) Leia em objetiva de imersão (100 X).

passo a passo da técnica de Coloração de Gram bacteria gram positvo gram negativo

Fonte: https://www.biomedicinatotal.com.br/2015/04/coloracao-de-gram.html

 

Como a Coloração de Gram é usada na prática laboratorial?

A coloração de Gram é um dos métodos mais importantes utilizados na rotina dos laboratórios de Microbiologia. Com essa metodologia, o analista clínico poderá classificar as bactérias presente na amostra em Gram positivas e Gram negativas. A partir desse resultado o profissional responsável pela leitura da lâmina é capaz de fazer uma avaliação qualitativa, quantitativa e morfológica da lâmina. Com base nas propriedades tintoriais em conjunto com os sinais clínicos, podemos fornecer informações sobre a conduta terapêutica em casos de emergência.

Por que a Coloração de Gram é tão importante para o laboratório de microbiologia?

Durante a rotina de um laboratório a coloração de Gram ganha uma grande importância, devido a sua rapidez e baixo custo, com seu resultado pronto em até 15 minutos em casos de urgência, enquanto outras técnicas demandariam um tempo muito maior, como é o caso do PCR (Reação em Cadeia da Polimerase). O resultado da coloração de Gram também auxilia o microbiologista a selecionar os meios mais adequados para o crescimento daquela cultura. Essa técnica pode ser utilizada para diversos materiais biológicos como é o caso de escarro, fezes e urina.

A Coloração de Gram é usada para todos os tipos de bactérias?

A coloração de Gram possui restrições a algumas espécies de bactérias, como é o caso do Treponema pallidum, agente etiológico da sífilis, devido ser é uma bactéria muito fina, dificulta a sua coloração. Vale ressalta as bactérias que não possuem paredes celulares como é dos gêneros Chlamydia, Chlamydophilae mycoplasma. Com relação ao gênero Mycoplasma vale destacar, o seu principal representante que é Mycobacterium tuberculosis, causador da Tuberculose, pois devem ser coradas por soluções contendo ácido, dessa forma utiliza-se o método de Ziehl-Neelsen para corar esse tipo de bactéria.

Qual bactéria é mais resistente Gram positivo ou Gram negativo?

As bactérias Gram-negativas apresentam uma resistência maior, devido à presença de uma cápsula protetora, auxiliando contra o processo de fagocitose pelos glóbulos brancos. Esse tipo de bactéria também possui uma membrana externa que libera endotoxinas responsáveis pelo agravamento dos sintomas.

Referências Bibliográficas

MÓDULO, V. Detecção e Identificação de Bactérias de Importância Médica.

PEREIRA, Rose Elisabeth Peres; PETRECHEN, Guilherme Grande. Principais métodos diagnósticos bacterianos: revisão de literatura. Rev Cient Eletr Med Vet, v. 9, n. 16, p. 1-12, 2011.

PROCOP, Gary W. et al. Koneman. Diagnóstico Microbiológico: Texto Y Atlas: 7. a Edición. Wolters Kluwer, 2018.

Técnica de Coloraçao de Gram. Brasilia: Ministerio da Saúde, Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS, 1997. 63 p.: iI. (Série TELELAB) 1. Gram I. Programa Nacional de Doenças Sexualmente Transmissíveis e AIDS, (Brasil). II. Série TELELAB

TORTORA, Gerard J.; CASE, Christine L.; FUNKE, Berdell R. Microbiologia-12ª Edição. Artmed Editora, 2016.

Você também vai querer ler:

Microbiologia Clínica: conheça os procedimentos básicos clicando aqui!

Você Precisa Entender a Interação Entre Microbiologia Clínica e Resistência Bacteriana? Então Leia Este Artigo AGORA!

 

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.