Cursos

Curso de Perícia Criminal: Genética Forense: Da Cena do Crime ao DNA

Cursos Presenciais
  • Certificado:

    Certificados de participação de 10 horas de ATIVIDADES COMPLEMENTARES.  Nossos cursos e certificados são aceitos e reconhecidos em todo o território nacional! Obs: Para ter direito ao Certificado de Participação, o aluno deverá ter aproveitamento igual ou superior a 75% da carga horária total do curso.

    .
  • Duração: 10 horas
  • Público: Estudantes e profissionais das áreas correlatas interessados em conhecer a área genética forense e suas aplicações.

Detalhes do Curso

Apresentação do Curso

A genética forense é uma ferramenta auxiliar poderosa no contexto criminal para tentar estabelecer o vínculo de pessoas a locais de crime, ajudando a investigação a estabelecer autoria e dinâmica do fato, imprescindíveis para solução de um crime. Dessa forma, a coleta correta dos vestígios biológicos (células, sangue, sêmen) de um local de crime podem conter material biológico pertencente ao autor ou mesmo à vítima que ao terem seus perfis alélicos estabelecidos podem ser comparados para saber quantas pessoas estão envolvidas naquele local e quem são elas. Vale dizer que o exame de DNA é comparativo e sempre é necessário ter uma amostra de referência (seja o material coletado de um suspeito, do cadáver, da vítima de crime sexual ou de um familiar da vítima). Atualmente, também existe o Banco de Perfis Genéticos nacional que permite armazenar os perfis alélicos obtidos a partir de amostras coletadas de local de crime relacionadas ao autor do crime , realizando
comparações entre os perfis genéticos ali inseridos. Além disso, pode-se valer da ferramenta molecular para identificar cadáveres em estado avançado de putrefação que não puderam ser identificados por outros meios, como identificação visual, por impressão digital, antropológica ou odontológica.
Portanto, genética forense vai muito além das análises laboratoriais, é preciso conhecer os fundamentos da criminalísticas associado aos procedimentos científicos buscando estabelecer a conexão entre autor-local de crime-vítima (triângulo de ligação forense).

Objetivo

Introduzir a genética forense no contexto da criminalística, através dos desenvolvimentos científicos relacionados, histórico, aplicações e metodologias (desde a coleta até a interpretação dos resultados).

Público Alvo

Estudantes e profissionais das áreas correlatas interessados em conhecer a área genética forense e suas aplicações.

Programa do Curso

Genética e Criminalística
– O que é genética forense?
– Quando é realizada a perícia?

Quem são os envolvidos nos exames de genética forense?
– Peritos Criminais
– Peritos Judiciais
– Assistentes Técnicos

Breve Introdução à Criminalística
– Princípios da Observação, Análise, Individualidade, Descrição e Documentação
– Levantamento de Local: Heptâmetro de Quintiliano, Triângulo de Ligação Forense Tipos de morte

Exames Comparativos
– Coleta e Caracterização de Vestígios Biológicos: amostras questionadas e amostras de referência

O DNA e a Investigação Criminal
– Introdução à hemogenética forense

Descoberta da estrutura molecular do DNA e suas implicações na genética forense:
– Composição do genoma
– Sequenciamento Sanger
– PCR

Polimorfismos de DNA:
– VNTRs e STRs
– SNPs
– STRs de Cromossomo Y
– DNA Mitocondrial

Aplicações da Genética Forense
– Confronto Genérico
– Crimes Sexuais
– Identificação de cadáver
– DNA não humano (DNA barcoding e STRs)
– Determinação de Características externas visíveis

Banco de Perfis Genéticos do Brasil

Etapas Analíticas do exame de DNA:
– Extração de DNA
– Quantificação de DNA
– Amplificação dos extraídos
– Eletrofores dos amplificados
–  Análise e Interpretação dos Resultados
– Análise dos eletroferogramas: como interpretar e verificar a existência de artefatos

Análise estatística: identificando um indivíduo em um bilhão de pessoas
– Razão de verossimilhança
– Paternidade criminal
– Hipóteses criadas em casos de mistura

Anatomia Geral

 

Materiais de Apoio

Certificado

Certificados de participação de 10 horas de ATIVIDADES COMPLEMENTARES.  Nossos cursos e certificados são aceitos e reconhecidos em todo o território nacional! Obs: Para ter direito ao Certificado de Participação, o aluno deverá ter aproveitamento igual ou superior a 75% da carga horária total do curso.

IBAP NEWSLETTER

Faça parte da nossa sala VIP e receba
informações sobre os Cursos do IBAP

Criado com Area de Membros WP