Até quando eu devo amamentar o meu bebê alimento materna peito leite leite materno

Até quando eu devo amamentar o meu bebê?

08 jan
Postado por Marina Caxias Categoria: Blog

O período da amamentação é extremamente importante, e quanto a isso, todos concordam em gênero, número e grau. Porém, até quando amamentar o bebê, ainda é motivo para inúmeras discussões.
Já discutimos em outros artigos, a real importância e todos os benefícios que a amamentação traz não somente para o bebê, como para as mães. Mas quando falamos em “tempo” de oferecimento do aleitamento materno, a maioria das mulheres se enchem de dúvidas.
O desmame já começa a acontecer quando inicia a introdução de outros alimentos, além de claro, o leite materno. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aleitamento materno exclusivo deve ser utilizado até os seis meses de vida. E somente em raras situações se fará necessária complementar a alimentação e tampouco utilizar substituição.
Em nosso artigo de hoje, iremos falar sobre as dúvidas que pairam sobre até quando deve-se amamentar os bebês. Essa é sua dúvida também? Então você chegou ao lugar certo, acompanhe.

 

Tudo sobre amamentação

 

amamentação Até quando eu devo amamentar o meu bebê alimento materna peito leite leite materno

Após os primeiros seis meses de vida, todos os bebês já possuem todo o sistema digestivo desenvolvido para iniciar a concepção de outros alimentos, fora o leite materno. E é nessa fase também, que os bebês já estão necessitando de diferentes nutrientes, que já não são mais encontrados somente no leite materno.
É neste momento então, que os bebês começam a diminuir o tempo de mamada no peito, e começam a adquirir o hábito da mastigação. Iniciando primeiramente pelas papinhas doces, depois as salgadas e por fim chegar na mesma comida que toda a família ingere. A amamentação irá se tornar então, um verdadeiro complemento da alimentação diária do bebê.
A própria OMS, indica que o aleitamento materno deve ocorrer por ao menos até os primeiros dois anos do bebê, ou até o tempo que seja prazeroso para a criança e para a mãe.
A dica é verificar se a amamentação não está causando alguma interrupção na alimentação da criança, podendo causar efeitos diretos em sua nutrição. Estamos falando de casos nos quais a criança acaba mamando mais do que ingere outros tipos de alimentos.
Como já dito anteriormente, a amamentação deve ser um complemento após os seus seis meses de vida, e não sua alimentação principal.

 

Para efetuar o desmame, é preciso utilizar mamadeira?

Essa é uma grande dúvida que passa na cabeça das mulheres que estão prestes a efetuar o desmame de suas crianças. A resposta para ela, é não. Crianças que mamam no peito, não necessitam de mamadeiras. Acredite, depois dos seis meses, toda criança já está apta a sugar copos abertos. É preciso um pouco de cuidado, é claro, mas tente utilizar copos com bicos. E em casos de crianças maiores, utilize canudos.
Não podemos deixar de dizer que, tanto a mamadeira como a chupeta, são altamente prejudiciais para o bom desenvolvimento ortodôntico e muscular da face da criança, podendo prejudicar o desenvolvimento inclusive, da fala.

 

Dicas valiosas para quem está querendo iniciar o desmame

Muitas pessoas acabam seguindo conselhos sobre até quando eu devo amamentar o bebê que são verdadeiras roubadas e podem prejudicar não só o bebê, como a mãe também.
Veja quais são elas:
– Não utilize os famosos truques de colocar sal ou pimenta no bico do peito, fazendo com que a criança repugne e não queira mais sugar. Ao invés disso, crie diferentes horários e hábitos para iniciar a alimentação do seu bebê, criando uma rotina de alimentação diferente.
– Troque ideia com nutricionistas, verificando se as mamadas não estão realmente interferindo na boa absorção de nutrientes que o seu filho (a) precisa. Atente-se para que seu filho esteja consumindo os alimentos que necessita, após os seis meses de vida, além do aleitamento materno.
– Amamentar é o ato mais bonito que você pode fazer por seu filho. Foque no aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida e previna seu filho contra várias doenças.

 

Quando é o melhor momento para parar de amamentar?

Toda mulher tem o livre arbítrio de escolher quando parar de amamentar seus filhos. Porém, para que a criança cresça protegida e para garantir o bom desenvolvimento, a dica é amamentar pelo menos até os dois anos de vida, e só parar de amamentar depois dessa idade.
Obviamente que as mamadas vão diminuindo gradativamente logo após os 7 meses, isso além de facilitar o desmame, auxilia na diminuição de possíveis complicações como mastite, leite empedrado e em alguns casos o bebê pode se sentir abandonado.
Existem casos também que mulheres precisam parar de amamentar, visando não prejudicar a saúde dos bebês, em casos como herpes com lesões na mama, varicela ou mesmo tuberculose.

 

Dicas para auxiliar o desmame

Vamos dar algumas dicas para auxiliar você que deseja iniciar o desmame em sua rotina, e sabemos que isso não é fácil. Separamos algumas dicas importantes e que certamente irão ajudar bastante, veja quais são elas.
– Diminua as mamadas e brinque com seu bebê;
– Diminua a duração das mamadas;
– Evite dar o peito depois que o bebê se alimentar;
– Não ofereça a mama, somente quando a criança solicitar.

 

E as mamadas da noite, como proceder?

Normalmente a mamada da noite, a última do dia, acontece no momento que a criança vai dormir. E em muitos casos, quando a criança já aprende a dormir sozinha, sem a necessidade do peito para pegar no sono, é o momento de parar de oferecer a mama no período da noite.
A dica é não ter pressa para fazer o desmame do seu bebê, o processo precisa ser feito com cautela, paciência e muito amor. Até quando devo amamentar o bebê é uma escolha sua, desde que não esteja interferindo tanto na vida do bebê como a sua própria.
Fique alerta, sinta-se livre e amamente até quando você desejar. Somente tome cuidado para que os outros alimentos sejam inseridos e que seu filho garanta todos os nutrientes necessários. Boa sorte!

 

Você também vai gostar de ler:

Aleitamento Materno: Conheça os Benefícios e Vantagens!

Sistema reprodutor feminino: resumo da anatomia, órgãos, partes e funções

 

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.