Transtornos de ansiedade podem estar ligados a condições físicas

21 maio
Postado por Categoria: Blog

De acordo com o relatório publicado na revista Archives of Internal Medicine, na edição do dia 23 de outubro de 2006, os transtornos de ansiedade podem estar independentemente associados a várias condições físicas, incluindo doenças da tireoide, doenças respiratórias, artrite e dores de cabeça de enxaqueca.

Os transtornos de ansiedade incluem transtorno do pânico, agorafobia (medo de estar em uma situação em que pode ocorrer pânico ou ansiedade, onde escapar da situação pode ser difícil), fobia social e transtorno obsessivo-compulsivo. Estudos descobriram que as pessoas com fobia ansiedade (medo) podem as mais propensas a sofrerem morte súbita cardíaca, e as taxas de transtornos de ansiedade são mais elevadas do que o esperado em pacientes com doença de tireoide, câncer, hipertensão, dentre outras condições.

Jitender sareen, B.Sc., MD, FRCPC, da Universidade de Manitoba, Winnipeg, Canadá, e seus demais colegas, exploraram a associação entre transtornos de ansiedade e condições físicas em 4.181 adultos que faziam parte do German Health Survey (GHS), realizado entre 1997 e 1999. A pesquisa avaliou se os participantes tinham quaisquer doenças físicas através de um questionário sobre 44 condições particulares, a entrevista médica foi conduzida por um médico de cuidados primários, medindo a pressão arterial, amostras de sangue e urina.

As entrevistas psiquiátricas foram realizadas por um psicólogo ou médico, que usou critérios do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais, quarta edição (DSM-IV), para detectar transtornos de ansiedade. A pesquisa de qualidade de vida – que mediu fatores como o funcionamento físico, dor e estado geral de saúde – também foi administrada para determinar os níveis de deficiência em participantes que relataram em quantos dias eles eram incapazes de realizar suas atividades diárias habituais.

obesidade2

Entre os 1.913 homens e 2.268 mulheres no estudo, 429 (8,4%%) tinham um transtorno de ansiedade dentro do mês passado e 2.610 (60,8%) tinham uma condição física dentro do mês passado. A maioria dos indivíduos com transtorno de ansiedade e demais doença físicas desenvolveram o transtorno de ansiedade em primeiro lugar, e tendiam a ter uma piora na qualidade de vida em comparação com aqueles diagnosticados com transtornos de ansiedade ou condições físicas únicas. Aqueles que tinham ambos os tipos de distúrbios também foram mais propensos a ter um ou mais dias de incapacidade do que aqueles com doenças físicas únicas.

“Os mecanismos da associação entre transtornos de ansiedade e condições físicas permanecem desconhecidas, embora várias possibilidades devem ser consideradas”, escreveram os autores. Por exemplo, a presença de uma doença pode causar preocupação e ansiedade que eventualmente torna-se grave o suficiente para se qualificar como um transtorno de ansiedade, a presença de um transtorno de ansiedade pode desencadear processos biológicos que contribuem para a doença ou uma terceira condição, como um transtorno de abuso de substâncias.

“Essas descobertas estendem trabalhos anteriores em amostras clínicas e comunitárias que anotou uma associação entre transtornos de ansiedade e doenças físicas, mas também demonstram a associação única desta comorbidade com má qualidade de vida e incapacidade”, disseram. “Embora tenha aumentado os esforços para reconhecer e tratar depressão com medicamentos, nossos resultados sublinham a necessidade de criar programas semelhantes para reconhecer e tratar transtornos de ansiedade com medicamentos”, concluíram.

 

Por: Marina da Silva Caxias | Texto Aprovado pelo Conselho Científico do Instituto Biomédico – IBAP

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.