vírus-virion

Qual a diferença de Vírus e Virion?

14 set
Postado por Categoria: Blog

Compostos majoritariamente por um material genético (DNA, RNA ou ambos) envolvido por uma camada de proteínas, os vírus são seres muito estudados, mas pouco conhecidos por completo por uma série de fatores. Alguns são inofensivos para o homem, como os vírus de plantas, e outros são nocivos, variando o nível de periculosidade de espécie para espécie.

É muito importante não confundir o vírus com uma bactéria. As bactérias são organismos unicelulares, e os vírus se caracterizam justamente por não possuírem uma única célula. Por causa da ausência de uma estrutura celular, o vírus se torna um parasita obrigatório, necessitando adentrar em uma célula de um organismo procarionte para poder se reproduzir em um ciclo lítico ou ciclo lisogênico.

Quando falamos nesses seres é normal ocorrer a confusão de termos, como o vírus e virion; mas saiba que não estamos falando exatamente da mesma coisa. O virion ou vírion, nada mais é do que uma partícula de vírus que se encontra fora de uma célula hospedeira.

É basicamente a mesma relação de meteoro e meteorito. Quando está no espaço o meteoro é assim chamada, mas quando o mesmo penetra a atmosfera terrestre, entrando em nosso planeta, o corpo celestial passa a ser chamado de meteorito. A relação é similar ao vírus e virion. Fora da célula é virion, dentro da célula hospedeira é um vírus.

Para um leigo ou uma pessoa doente esse tipo de diferenciação entre vírus e virion é irrelevante, porém, dentro do campo científico, é fundamental usar termos diferentes nas duas condições para poder otimizar a qualidade da análise sobre o vírus. Desse modo, quando falarem em virion, o cientista já terá noção que o vírus não está na célula, facilitando em muito o desempenho do seu trabalho em laboratório.

 

Algumas informações adicionais sobre o vírus

HIVVirion3UCLA

A seguir você confere quatro características adicionais sobre o que é um vírus:

  • São parasitas obrigatórios: Como mencionado anteriormente, os vírus são parasitas obrigatórios por não possuírem células, o que os torna incapazes de se reproduzir sozinhos;
  • Cada tipo de vírus gera uma reação diferente: São quase 4 mil espécies de vírus conhecidas, cada uma afeta um organismo celular de maneira diferente, nunca igualitária, exceto os semelhantes, como as variações do vírus Influenza, responsável por uma série distinta de “gripes”;
  • Tipos de doenças provocadas por vírus: Resfriado comum; gripe aviaria ou suína; AIDS; varíola; dengue; zika; chikungunya; herpes; rubéola; febre amarela; poliomielite; caxumba; sarampo; hepatites; catapora; meningite viral; raiva; condiloma; mononucleose Infecciosa; dentre outras;
  • O vírus é um ser vivo? Vírus e virion, não importa a condição do mesmo no organismo, até hoje não se sabe exatamente se o mesmo é ou não um ser vivo. Existem uma série de características que definem uma vida, o vírus possui algumas, mas não detém muitas outras. Nesse caso, mais complicado do que definir um vírus é definir o que é uma forma de vida, que pode ser limita ao que conhecemos ou ser muito mais abrangente.

 

Referências utilizadas

http://www.sobiologia.com.br/conteudos/Seresvivos/Ciencias/biovirus.php

http://www.webciencia.com/11_34virus.htm

https://sites.google.com/site/tudoensinomedio/unifei/calendario-1/biologia-3/virus-viroides-virions

http://www.dw.com/pt/entenda-a-diferen%C3%A7a-entre-v%C3%ADrus-e-bact%C3%A9ria/a-17615512

 

 

Por: Marina Caxias | Texto Aprovado pelo Conselho Científico do Instituto Biomédico – IBAP

Este artigo faz parte da série de textos sobre microbiologia. Leia o próximo artigo da série clicando aqui

LER PRÓXIMO ARTIGO >>>>

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.