Entenda as diferenças entre medicamentos industrializados e manipulados

02 jun
Postado por IBAP Cursos Categoria: Blog

 

Muito se fala a respeito dos medicamentos manipulados e industrializados. Embora as pessoas conheçam alguns aspectos sobre eles, há certas questões que ainda geram dúvidas. Entre os inúmeros questionamentos originados pela falta de informação acerca do assunto, encontram-se as diferenças entre um e outro tipo de medicamento. Além disso, há outro ponto chave que levanta curiosidade, este se refere à confiabilidade e à eficácia dos medicamentos manipulados.

Neste texto, você encontrará as principais diferenças entre essas qualidades de medicamentos. Além disso, poderá entender outros aspectos importantes sobre eles. Quer se manter informado? Continue conosco!

O que são remédios manipulados?

O medicamento manipulado é feito “sob medida”. Isto é, o remédio é um conjunto de substâncias unidas em uma forma farmacêutica definida exclusivamente para atender a demanda de um paciente. Através do know-how de um profissional é realizada uma preparação com determinadas características. Estas visam atender às necessidades de um determinado usuário.

Normalmente, o medicamento manipulado consta de mais de um componente e a fórmula indica o nome químico de cada uma das substâncias. As dosagens presentes nela são fruto das demandas terapêuticas do paciente. A quantidade adequada de cada substância proporciona uma terapia sem desperdícios, eficaz e mais econômica.

É imprescindível que a farmacotécnica seja apropriada para o caso a tratar. Também é indispensável prestar atenção na forma como o medicamento é apresentado.

Os medicamentos manipulados podem ser a melhor alternativa em algumas ocasiões. Eles são importantes quando não há no mercado determinado medicamento com dosagem específica ou se ele simplesmente não estiver disponível para venda. Por exemplo, algumas crianças (por idade ou por preferência) não conseguem engolir comprimidos ainda que triturados. Quando a forma líquida não se encontra disponível, é possível recorrer à manipulação e realizá-la em prol do tratamento do paciente.

Uma questão interessante relacionada aos medicamentos manipulados é que eles são alternativas interessantes para economizar dinheiro, em especial quando se percebe que o preço de determinado industrializado é composto basicamente pelo valor da marca.

O que são medicamentos industrializados?

Os medicamentos industrializados são os vendidos tradicionalmente nas farmácias. Eles são elaborados nas industrias farmacêuticas. Cada um deles possui determinadas características, contudo, são feitos em linha de produção e não havendo a possibilidade de individualizar o medicamento para cada paciente.

Percebe-se que a forma como os medicamentos industrializados são elaborados é por quantidade e não de forma quase “artesanal” como os medicamentos manipulados.

Principais vantagens dos medicamentos manipulados

Ao pensar nas vantagens de optar por medicamentos manipulados é quase automático o aparecimento de uma pergunta: O medicamento manipulado é melhor que o industrializado?

A resposta para esta pergunta é um tanto extensa e inevitavelmente, para respondê-la é preciso considerar as vantagens de contar com medicamentos manipulados.

Embora diversos aspectos atentem para a idoneidade dos remédios manipulados pelo farmacêutico, é importante esclarecer que ambos tipos de medicamentos são extremamente eficazes. Contudo, em alguns casos recomenda-se optar pelos manipulados, em outros, sugere-se a adoção de medicamentos industrializados. A escolha de um ou outro se vê estimulada não somente pelo que está escrito na receita. Ela também depende das considerações particulares que cada pessoa possui a respeito de tal ou qual medicação.

Os medicamentos industrializados e os manipulados existem de forma concomitante no intuito de atender situações específicas de uso. Às vezes, é relevante optar pelo medicamento manipulado por conta de vários aspectos, que costumamos denominador como vantagens.

Veja a seguir quais são as principais vantagens de optar por medicamentos manipulados na farmácia:

  • Orientados à situação de cada paciente

Sem dúvidas, esta configura uma das principais vantagens de se contar com medicamentos manipulados. A possibilidade de contar com uma fórmula estruturada adequadamente para o tratamento de uma determinada afecção é um diferencial. E esta condição favorável é compreendida pelos médicos, haja vista que em diversas ocasiões recorrem às formulas manipuladas. Os tratamentos com medicamentos manipulados são essencialmente eficazes e proporcionam ao paciente a quantidade exata de substâncias ativas para cuidar de determinada doença.

  • Mais econômicos

Outro ponto extremamente relevante é que os medicamentos manipulados, geralmente, são mais baratos que os remédios industrializados. Isso porque retira-se o valor da marca do preço final do produto. É claro, há outros encargos relacionados à produção e à fórmula específica, no entanto, eles são inferiores ao custo de marca.

  • Supervisão eficaz

Muita gente pensa que o medicamento produzido em farmácia não passa por rígido controle. Este é um mito e como tal deve ser deixado de lado. O controle é feito pelo profissional farmacêutico e ele participa em todas as etapas de produção.

É claro que a qualificação do profissional é um ponto importante. Profissionais com curso de manipulação de medicamentos realizado em ótima instituição contam com mais expertise e são mais assertivos no controle de fórmulas. Mesmo que este seja um diferencial relevante, é preciso compreender que todas as farmácias de manipulação são fiscalizadas e estão registradas. Este registro assim como a fiscalização é feita pela Vigilância Sanitária Estadual e Municipal. Ou seja, os medicamentos produzidos são confiáveis e podem ser usados sem prejuízo no tratamento.

 

  • Fórmulas confiáveis

Há quem fique um tanto desconfiado quando o assunto é medicamento manipulado. Em especial, por conta das fórmulas usadas para a produção desses medicamentos. Sobre o assunto, é necessário informar que as fórmulas usadas pelos farmacêuticos estão devidamente inscritas no Formulário Nacional da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Muitos destes medicamentos que constam no guia só podem ser produzidos quando se apresenta uma prescrição do profissional habilitado.

Resumindo…

Esperamos que ao chegar até aqui você tenha compreendido as principais diferenças entre medicamentos industrializados e medicamentos manipulados. Além disso, considere relevante saber quando é hora de optar por remédios manipulados e quando se pode escolher opções industrializadas.

Conhecer as diferenças e saber quais são as melhores alternativas para uma determinada situação é indispensável para que as pessoas sejam conscientes na hora de optar por medicamentos. Perante dúvidas, não hesite em conversar com profissionais da saúde qualificados e solicitar mais esclarecimentos sobre esse assunto.

Se você faz parte do pessoal de uma farmácia ou está em busca de mais conhecimentos fique atento aos cursos do IBAP. Acesse nosso site e confira as diversas opções de cursos que temos para lhe oferecer!

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.