Bactéria que come carne corrói rosto de homem

20 maio
Postado por Categoria: Blog

Dá série: bactérias assassinas, resgatamos uma história que aconteceu há anos atrás, mas que ainda assusta muita gente! A  Fox News publicou uma história que vai deixar você, de cabelos em pé!

Durante os últimos 11 anos, um homem no Vietnã sofreu de uma doença estranha que fez com que ele perdesse o nariz, os olhos e o topo da sua boca. Depois de sua história apareceu na mídia local, ele foi finalmente capaz de obter ajuda, relatou a Central European News (CEN – Central de Notícias Europeia).

Huynh Van Dat, 51 anos, de Saigon, no sul do Vietnã, foi diagnosticado com uma doença (bactéria) identificada como comedora de carne. Ele estava confinado a uma cama e não podia mais comer corretamente, falar ou ver, mas sua mente ainda era perfeitamente forte, e ele era capaz de tocar e ouvir sua esposa, Huynh Thi Trieu, disse CEN.

Em 2004, Van Dat começou a sofrer com hemorragias nasais de três ou quatro vezes por dia. Os médicos o diagnosticaram com um desvio de septo nasal e operaram do problema que acontecia no seu nariz. No entanto, um ano depois, ele descobriu que sempre que ele bebia água, ela corria para o nariz através do buraco no topo da sua boca.

maxresdefault

Huynh Van Dat

Huynh Van Dat

Huynh Van Dat

 

Van Dat foi submetido a uma segunda cirurgia vários meses mais tarde, quando o buraco ficou maior e se espalhou para parte do nariz, mas isso não o ajudou. Os médicos de dois hospitais diferentes posteriormente disseram que ele tinha uma falha na ponte do nariz que era curável, mas ele foi incapaz de dar continuidade ao tratamento, pois não tinha condições de pagar os cuidados da sua saúde, virando-se para a medicina tradicional à base de ervas.

“A doença que começou com um buraco em seu nariz simplesmente cresceu, e ela comeu seu nariz, maxilar superior e seus olhos”, disse sua esposa para a CEN. “Não havia sangramento, mas quando ele ainda podia falar, ele nos disse que era incrivelmente doloroso”.

Huynh Van Dat

Huynh Van Dat

Os detalhes exatos do tratamento de Van Dat, incluindo quando o tratamento começou, não foram revelados, nem os médicos eram capazes de fornecer expectativas sobre o reparo do dano extenso provocado pela doença.

 

Outro caso de fascíite necrotizante – imagens do antes e depois da doença

 Antes da doença:

 

 Sri Lanka, 59 anos.

Sri Lanka, 59 anos.

 

Depois da infeção

0_88054_29cfbdf4_XL 0_88053_7735f2_XL 0_88052_3f30931a_XL

 

 

Sobre a bactéria que come carne:

O caso do vietnamita é raro, mas não único. Normalmente esse tipo de diagnóstico ocorre através de infecções de pele e músculos provocadas por bactérias, não uma só, mas um conjunto. Um exemplo desse tipo de bactéria seria a Streptococcus pyogenes, que quando sofre uma mutação em seu genoma acaba provocando uma reação conhecida como fascíite necrotizante. A bactéria acaba atando as células dos tecidos, provocando secreção de superantígeno, o corpo, por sua vez, responde através do sistema miológico que acaba provocando inflamação na região.

“Muitos tipos de bactérias podem causar fasciite necrosante (ex. Estreptococos do Grupo A de Lancefield, Vibrio vulnificus, Clostridium perfringens, Bacteroides fragilis) do qual o estreptococo do grupo A (também conhecido como Streptococcus pyogenes) é a causa mais comum“.

Como não existe um tipo único de bactéria que possa provocar esse tipo de reação, ou seja, usar da proteína das células para se alimentar, consequentemente “comendo a carne”, do seu portador, acaba não existindo um diagnóstico, sintoma ou tratamento específico. Em alguns casos a amputação do membro contaminado salva o portador, mas isso não poderia ser feito com Huynh Van Dat, que tinha a doença concentrada na sua cabeça.

 

Fonte: www.foxnews.com

 

Por: Marina Caxias | Texto Aprovado pelo Conselho Científico do Instituto Biomédico – IBAP

Nenhum comentário ainda

You must be logado em para post a comment.